Google+ Followers

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Nossa?! Acampar ?

Moro na cidade de Guarulhos, uma cidade que amo de coração, mas é completamente desprovida de beleza arquitetônica, de belezas naturais e de áreas de laser.
Como qualquer cidade grande o perigo está por todos os lados. Não temos nem o hábito de cumprimentar uns aos outros, pois somos todos suspeitos uns para os outros. Quem não age assim acaba sendo vítima.
Um dia olhei para o meu filho que tinha doze anos na época e pensei:
 “Na idade dele eu estava correndo pela rua com os meus colegas, subindo em árvores e brincando em lagoas”.
A vida do meu filho é 60% virtual e o seu melhor amigo é um avatar.
A minha vida cotidiana é estressante como a vida de milhões de pessoas que vivem por aqui. Eu rezo a semana inteira no trabalho para que chegue logo o final de semana, e quando chega o final de semana eu rezo para que chegue logo a Segunda-Feira para voltar a trabalhar.
Os finais de semana se tornaram insuportáveis para mim e para minha família.
Vizinhos ouvindo músicas - de gosto duvidoso - em altíssimo volume, micro igreja evangélica com um “pastor” urrando versículos bíblicos em altíssimo volume, carros com potente aparelhagem de som tocando música – de gosto duvidoso - em altíssimo volume.
Eu tenho na minha casa um sistema de TV a cabo com mais 300 canais, mas não consigo achar um programa que preste. 
Quando saímos para um passeio de final de semana, esse se torna estressante também.
O estresse já começa na hora de encontrar uma vaga no estacionamento, depois na hora de comprar a porcaria de um Fast Food, o atendimento em qualquer estabelecimento comercial está péssimo, e quando conseguíamos uma mesa para sentarmos, temos que engolir o lanche de uma só vez, pois sempre tem alguém parado em frente a nós segurando uma bandeja e com um olhar fixo de psicopata nos encarando.

Eu não aguentava mais isso. ...Foi então que tive a ideia de acampar....

Nenhum comentário:

Postar um comentário